Parkinson_psicologia.001.jpeg

Psicologia

Doenças progressivas como Parkinson causam estresse no portador e parentes mais próximos, como se toda a família adoecesse junto. O apoio psicológico é fundamental na superação dos problemas emocionais.

Pacientes e familiares pensam e falam da doença o tempo todo, vivem o problema dia e noite, daí a importância do apoio psicológico.

A Doença de Parkinson vem acompanhada de um quadro de depressão, principalmente por causa da carência de dopamina no organismo.

Problemas de autoestima levam ao isolamento social e agravam o quadro. Paralelamente, o cuidador sofre um grande desgaste físico e emocional para atender as necessidades do doente.

Psicologia desempenha papel importante no apoio ao cuidador, que determina a qualidade de vida do doente:
• Colabora na aceitação da doença, no convívio com as perdas constantes;
• Facilita assumir novos papéis quando ocorre a inversão de papéis, compreender seus sentimentos e emoções. O cuidador sente-se apoiado e compreendido, não se sente mais só, é incentivado ao convívio social, a reestruturar seu estilo de vida, escala de valores e forma de enfrentamento.

Onde Atua a Psicologia
• Grupo de Apoio Psicológico
• Aberto a todos os sócios, pacientes e cuidadores que se reúnem para falar de suas maiores dificuldades ao lidar com a doença. O encontro é na segunda segunda-feira do mês, das 14:00 às 15:30, na sede da ABP. Durante duas horas trocam experiências e buscam orientações. O contato com outros familiares é importante porque o cuidador descobre que é possível fazer muito pelo paciente e que não é só de medicação que ele precisa, mas também de amor, paciência e solidariedade.