Além dos tremores, rigidez muscular, lentidão de movimentos e do desequilíbrio, a Doença de Parkinson também pode afetar a fala e a voz.

Os problemas ocorrem devido à falta de coordenação e também pela redução do movimento dos músculos que controlam os órgãos responsáveis pela produção dos sons da fala.

Uma das formas de controle que proporcionam a melhora desse distúrbio, além do tratamento fonoaudiológico é a utilização da voz para o canto.

A ABP criou seu próprio Coral, uma experiência inédita em todo o mundo em 1998. O resultado do trabalho da equipe de fonoaudiólogos da entidade pode ser medido pelas vozes firmes e ritmadas do coral, formado em sua maioria de parkinsonianos e de alguns familiares.

Desde então o grupo vem prestigiando todos os eventos sociais e comemorativos da ABP, tendo se apresentado também em duas ocasiões especiais, no teatro da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP.

A primeira foi em outubro de 2000 no encerramento solene do I Simpósio de Atualização no Tratamento e na Reabilitação da doença de Parkinson e a segunda na solenidade de abertura do IV Simpósio Internacional do Centro de Estudos da Voz-CEV em julho de 2001, com a presença de mais de 500 fonoaudiólogos de várias partes do mundo. O Coral da ABP já gravou três CDs, o primeiro em 2002, o segundo em 2005 e o terceiro em 2015.

Se é verdade que quem canta seus males espanta, então os participantes do coral parecem ter encontrado a fórmula do equilíbrio emocional e da alegria de viver. Quem chega à Associação nas tardes de terça-feira, pode constatar, ao vivo, o resultado do esforço conjunto dos participantes dos ensaios.

É impossível não se emocionar ao vê-los reunidos soltando a voz, incentivados pelo entusiasmo da regente Denise Castilho e da pianista Denise Divenutto. No caso dos portadores da Doença de Parkinson é um resultado importante, pois a maioria tem a emissão de voz comprometida pela rigidez muscular, que afeta os movimentos do rosto.

Os exercícios de aquecimento melhoram a respiração, a articulação e a impostação da voz, além dos benefícios da socialização e da confraternização do grupo. Todos os que conhecem esse trabalho o reputam como excelente, pois são momentos de descontração para todos os que participam dessa atividade.

Ensaios:
Todas terças-feiras das 15:30h às 16:30h, no Auditório da ABP

Coral da ABP - Ensaios
Todas terças-feiras das 15:30h
às 16:30h, no Auditório da ABP
Informações: (011) 2578-8177